Inicialmente neste artigo vale a pena conceituar o que é Planejamento da Força de Trabalho. Quando converso sobre este tema em organizações por onde passo, percebo sempre um entendimento maior em recrutamento de pessoas, em desenho/estrutura organizacional, ou até mesmo com um forte foco em sucessão. Porém, Workforce Planning é tudo isto integrado (e mais um pouco!).

O planejamento da força de trabalho é um processo de análise da força de trabalho atual, determinando as necessidades futuras, identificando a lacuna entre um estado e outro e implementando soluções para que uma organização possa cumprir sua missão, metas e plano estratégico.

Embora seja conveniente descrever o planejamento da força de trabalho como uma série de etapas, é igualmente importante entender que é um processo interativo, não rigidamente linear, envolvendo: compreender a organização e seu contexto, analisar o potencial atual da força de trabalho, determinar as necessidades futuras que a organização tem de sua força de trabalho, identificar gaps entre a força de trabalho atual e a futura, plano de ação para endereçar a escassez, o excesso ou incompatibilidade de habilidades dentro da organização, monitorar, avaliar ações tomadas e resultados gerados.

grafico workforce process

Como o planejamento da força de trabalho é algo que oferece suporte à estratégia organizacional, é fundamental que o torne uma prioridade nas intervenções de gestão de pessoas.

Tal como acontece com tantos aspectos da gestão de negócios e atividade de RH, é melhor começar do que indefinidamente adiar ou ficar preso em análises ou mindsets. Comece um simples planejamento da força de trabalho conversando com os gestores sobre para onde a organização está indo e sobre suas preocupações com pessoas. Ajude-os a investigar o que está acontecendo e o que pode funcionar melhor. Se as coisas parecerem muito incertas, trabalhe com os gestores para desenvolver alguns cenários simples para descobrir que ações e decisões são prioritárias para se tomar. O planejamento da força de trabalho trata-se de melhorar o desempenho dos negócios e reduzir o risco organizacional, diminuindo a distância entre um negócio que tem as pessoas de que ele realmente precisa e quem ele realmente tem.

“As pessoas certas, com as habilidades certas, nas funções certas, na hora certa e no custo certo” é o que, em última análise, fornecerá os resultados certos para uma organização. Adotando uma abordagem proativa e metódica ao planejamento da força de trabalho, os profissionais de RH desempenham um papel fundamental em ajudar as empresas a entender de onde os riscos e as oportunidades provêm e como podem garantir os recursos necessários para responder com sucesso a qualquer cenário futuro.