Uma pesquisa da Universidade de Bath, Inglaterra, demonstra que os profissionais de gestão e desenvolvimento de pessoas têm um papel significativo a desempenhar em qualquer processo de gerenciamento de mudanças. Eles costumam atuar como “diretores de palco de mudança” desempenhando um papel crítico nos bastidores – apreciado por todos, mas não frente ao palco.

O relatório fornece uma série de recomendações que os profissionais de RH devem considerar para que sejam iniciadores especializados de sucesso e facilitadores da mudança transformacional:

  • Esteja disposto a trabalhar como a “mão oculta” da mudança, altamente relevante para o seu sucesso. Trabalhe em parceria com o CEO / líder de negócios e sua equipe executiva e como suporte de “backstage” para sua atividade de “front stage”.
  • Facilitar a tradução da visão geral através da comunicação em massa, uso de técnicas relevantes e mudanças nas interações e sistemas entrincheirados.
  • Crie defensores da mudança, remova obstáculos, atue na medição e garanta a visibilidade do líder.

Profissionais de RH e L & D muitas vezes experimentam um conflito de interesses entre a empresa e os funcionários, quando lideram e gerenciam as mudanças.

A capacidade de aplicar o julgamento situacional e demonstrar integridade moral é o que permitirá que eles sejam conselheiros de confiança e ajudem a organização a criar sustentabilidade a longo prazo. Como o RH é responsável por tomar decisões que afetam a vida dos funcionários, é importante que os profissionais tenham confiança na manutenção dos padrões profissionais quando enfrentam situações difíceis.